Make your own free website on Tripod.com

Gémeos

Home

Astrologia Convencional

Astrologia cigana

Astrologia das Flores

Astrologia Egípcia

 

 

Elemento: Ar, Mutável
Planeta Regente: Mercúrio
Principio: Activo
Parte do corpo: Mãos, Braços e Pulmões
Estação do ano: Fim da Primavera no hemisfério norte
Incensos: Alecrim e Jasmim
Pedras: Ágata
Dia: Quarta
Metal: Platina
cor: Amarela

Personalidade dos Gémeos: "Fala comigo"

A maneira mais fácil para conhecer um Gémeo é numa festa. Vemo-los entrar em todas as conversas. Querem-se sentar com a banda, meterem-se com as empregadas, e discutirem misturas com o empregado do bar. Eles rodopiam mais rápido do que conseguimos seguir. Se tentar pedir a um Gémeo para se concentrar numa só coisa, eles simplesmente não conseguem. Têm de mostrar o pouco conhecimento que têm sobre todos os assuntos, e procurar saber o que nós sabemos e porquê e onde e como conseguimos essa informação. São faladores, e espalham o seu talento pelo mundo. Adoram receber nova e interessante informação, para de seguida a espalharem. Não esquecer que existem duas pessoas dentro de um Gémeo, e ambas querem mudança, variedade e estimulação mental constante. É quase como se os dois estivessem a lutar dentro do Gémeo, deitam fumo e rasgam papéis aos bocadinhos. Um Gémeo desaparecerá num ápice e alguém aparecerá no seu lugar, que poderá ter algo interessante a dizer.

AMIZADE

Os Gémeos estão sempre rodeados por pessoas, eles fascinam e seduzem. São difíceis de nos aproximar-mos, temos de passar pela multidão. Têm poucos verdadeiros amigos. Precisam de estímulo e alguém que partilhe dos mesmos estranhos interesses. São difíceis de acompanhar. Mantêm-se à volta de pessoas que compreendam porque estão sempre atrasados, estão simplesmente muito ocupados.

AMOR

Porquê amar? E o que é o amor afinal? Um Gémeo questionará isto, não conseguem fechar as suas mentes o tempo suficiente para o coração tomar o controlo. Assuntos do coração não são importantes para os Gémeos. Confundem a monogamia com aborrecimento, precisam da sua liberdade. É preciso entretê-los constantemente, seduzi-los e dar-lhes estímulo mental. O aborrecimento é o seu maior receio. Deixem-nos ser o que eles realmente são: "Confusos".

 

Site executado por Ricarda Araújo e Soraia Sousa